Loading...

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A VACA DE OURO








Certamente vocês estão acostumados a ver cenas como essa, né?
Nada mais justo o filhotinho se deleitar nas tetas de sua mamãe vaca. Essa vaca era gorda, com um porte invejável, dava um leite de qualidade, todos vinham de longe pra comer o QUEIJO que era feito com o seu rico leite. Mas... um belo dia, tudo começou a mudar. A vaca começou a dar leite sem parar, jorrava a madrugada toda, e isso atraiu os ''MORCEGOS'' de plantão. Começaram a sugar o seu precioso líquido e ela foi ficando fraca, ficando fraca e resolveu fechar a teta.


Ela ficou assim... magra, muito magra!!!
De causar espécie!!!
Olha que nos tempos da vaca gorda parecia que não iria acabar nunca.
Aí apareceu o DEUS boi, e falou: "vamos dizer que estamos falidos, que o nosso leite não é mais de qualidade, e que os morcegos podem se revoltar se dermos teta pra mais alguém". Enfim..... vocês já viram esse filme né?
Mas, DEUS BOI –INDAGOU O BOIZINHO. E aquele bezerro que estava sempre no pasto, orando pra chuva cair e molhar a grama, fazendo novena pra SÃO PEDRO, QUE ESTAVA SEMPRE AO NOSSO LADO???
–Ihhhhhhhhh, esqueci dele!!!
–Mas como assim??? Logo ele que esteve na chuva rezendo conosco enquanto os morcegos sugavam o seu precioso leite? Temos que reparar isso!!! –Indagou o boizinho novamente.
–Boizinho, se eu der leite pra ele, o chefe dos morcegos vai querer uma parcela maior.
–Mande o morcego embora! Novamente falou o boizinho.
–Não posso, vai chegar a primavera e eu vou precisar dos morcegos para cortarem as mangas, as folhas e carregarem o balde de leite para mim.
–Ahhhhh, entendi!!! Os morcegos são mais importantes que os bezerros que estavam no pasto com você. Mas, Óh grande DEUS BOI, será que os MORC EGOS irão trabalhar com o senhor, como aquele bezerrinho que trabalhou no pasto?
–Não sei, meu filho. Eu não posso contrariar os MORCEGOS. Pois, amanhã eles podem criar até um motim e colocar anilina no meu leite. Enquanto eles estão mamando na teta da Vaca de Ouro, não terão que se preocupar em fazer motim contra mim.

CERTAMENTE VOCÊS CONHECEM MUITO BEM ESSA HISTÓRIA DA VAQUINHA, NÉ???

NÃO PERCAM... NA PRÓXIMA SEMANA: O PRÓXIMO CAPITULO...

9 comentários:

  1. É Pedro...mamar na vaca todos querem!!!mas cuidar da vaca é que é o segredo...facil demais voce receber o leite e aproveitar cada gota dele,dificil é ordenhar.
    Hoje os morcegos quem sugam o leite dos pobres bezerros, desmadados prematuramente..D. Vaca,sem poder contar com a ajuda de ninguem, com a omissão dos que tudo veem e nada fazem (falam), vai morrendo aos poucos.
    Lulu Santos ja dizia...

    *Nós somos muitos
    Não somos fracos
    Somos sozinhos nessa multidão

    Nós somos só um coração
    Sangrando pelo sonho de viver*

    Viver com dignidade é o minimo que podemos exigir.

    Tania-Soluamar

    ResponderExcluir
  2. pois é minha amiga, vamos tomar conta da vaquinha pra que ela não sofra os ataques dos morcegos urbanos. eu sei que fica difícil de segurar eles, mas fazendo preces... quem sabe algum santo não diga amém?

    ResponderExcluir
  3. VALEU PEDRÃO A HISTÓRIA POLITICA DA CIDADE ESTA RESUMIDA NESTA HISTÓRIA, A ÚNICA DIFERENÇA QUE OS BOIS DAQUI TROCAM DE PASTO FACIELMENTE, ELES VÃO PARA O PASTO QUE ESTA COM MAIS GRANA QUERO DIZER GRAMA R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$R$. ABRAÇÃO AMIGO E CONTINUE NESTA LUTA, FICA COM DEUS.

    ResponderExcluir
  4. NÃO DEIXE DE VER O PRÓXIMO CAPÍTULO,
    ESSA NOVELA VAI PEGAR FOGO!!!

    ResponderExcluir
  5. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) cassou, nesta segunda-feira(22), o diploma do prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto Carvalho Balthazar, e do vice-prefeito Benedito Wilton de Morais, e convocou novas novas eleições, tendo em vista que a chapa obteve mais de 50% dos votos válidos. O motivo da cassação, que se deu por maioria dos votos, foi abuso de poder econômico e político por usar indevidamente veículo de comunicação.

    Além da cassação, os políticos receberam a sanção de inelegibilidade por três anos e multa no valor de R$ 106 mil cada um.O relator do processo, juiz Luiz Márcio Pereira, demonstrou em seu voto que as matérias do jornal Razão tinham nítido caráter panfletário, com o objetivo de divulgar a campanha do então candidato à reeleição, além de intensos ataques aos candidatos da oposição. Além disso, os autos evidenciaram que, durante os três meses que antecederam o pleito, o jornal passou a ser distribuído gratuitamente, sempre com matérias que elogiavam Augusto Balthazar, além de publicidade da Prefeitura de Rio das Ostras.

    O magistrado ressaltou que os 20 mil exemplares do periódico tiveram potencialidade lesiva para influenciar no pleito de um município com pouco mais de 50 mil eleitores. Este fato fica ainda mais em evidência pela diferença de apenas 1.322 votos que o prefeito eleito obteve em relação ao segundo candidato. Luiz Márcio foi acompanhado pelos desembargados Nametala Jorge e Maria Helena Cisne, e pelo juiz Mello Serra. Ficaram vencidos os juízes Troccoli Neto e Célio Salim Thomaz Junior.
    - NÃO PODEMOS ESQUECER DESSA MARMELADA

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que a cidade de Rio das Ostras, jamais esquecerá este fato. estou vendo povo participar com mais frequência dos problémas da cidade, e isto me agrada muito. companheiro marquinhos,conto com o seu apoio em minha página e continuarei postando as verdades que os jornalistas demagogos escondem do povo.

    obrigado pelo carinho!!!

    pedrão: o homem do terno verde

    ResponderExcluir
  7. Como vc diz, amigo: "É de causar espécie"!!!

    ResponderExcluir